(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

26 de março de 2016

♪ ♫ ♩ Música ♫ é ♭ ♪ ARTE ♬ ♮ ♫


Gui Mendes (cantor, compositor, produtor)
Uma arte que sentimos, quem escuta é capaz de ir além do simples ouvir, é captar o sentido dos sons, perceber e compreender sua estrutura, sua forma, seu sentido, é prestar atenção e estar interessado naquilo que está ouvindo. 

Estudos deduzem que música tenha surgido há 50.000 anos, onde as primeiras manifestações tenham sido feitas no continente africano, uma arte que o ser humano encontrou para projetar seus desejos, medos, e outras sensações, a música é utilizada como forma de sensibilizar.  A teoria musical só começou a ser elaborada no século V a.C., na Antiguidade Clássica, são poucas as peças musicais que ainda existem deste período, e a maioria são gregas.                                             A música “monofônica” (que possui uma única linha melódica), sacra ou profana, é a mais antiga que conhecemos, no século XIV, os artistas pretendiam compor uma música mais universal, buscando se afastarem das práticas da igreja, surgiu então um encantamento pela sonoridade polifônica, pela possibilidade de variação melódica.                                        No “Romantismo” com maior liberdade de estrutura da forma e de concepção musical, valorizando mais a intensidade e a emoção, revelando os pensamentos e sentimentos mais profundos.

Os gregos definem a música como “a arte das musas”

Sentir, apreciar o lado mais puro e encantador dessa arte, que apesar de estar em todos os lugares, nas mais diversas formas, não são todos que conseguem interpretar, isso requer um diálogo entre o compositor e o seu ouvinte, algo que não pode ser esquecido.