(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

4 de abril de 2016

Mitologia: Unicórnios

Confira também o dia 7 de março "Dragões- Uma criatura mitológica fascinante"


Licórnio ou Licorne, na mitologia é a forma de um cavalo, quase sempre branco, com um único chifre em espiral, o unicórnio é uma criatura que se assemelha a  "força", "pureza" e "encantamento".
A origem do tema unicórnio é incerta, devido a diversas histórias contadas ao longo dos séculos, os unicórnios são associados a virgindade, segundo Leonardo da Vinci e alguns filósofos, e tem o seu aparecimento em várias obras, sendo uma delas, da escritora  J.K. Rowling (Harry Potter).
Em alguns contos um unicórnio bebê é dourado, adolescente prateado e adulto branco-puro.




Uma das minhas criaturas favoritas da mitologia. 
Dizem que seu chifre, o sangue e o pelo têm poderes mágicos.
O unicórnio esteve muito presente na arte, no período medieval e Renascentista, porém nenhum estudioso alcançou a dimensão de sua origem.



Curiosidades: 

-As figuras de unicórnios podem ser vistas em tapeçarias encontradas no Norte da Europa e em caixas fabricadas com madeira e ricamente adornadas – os cassoni -, que integravam o enxoval das noivas italianas nos séculos XV e XVI.

-Ele é encontrado nas bandeiras dos imperadores da China.

-Na obra de J. K. Rowlling, o sangue deste ser puro é consumido por Voldermort, o vilão da obra, para preservar sua vida, mas o ato de matar um ente tão inocente o converte em um morto-vivo.

-Na Astronomia ele corresponde à constelação conhecida como Monoceros.

-O unicórnio também está nas páginas da literatura fantástica, especialmente nos livros de Lewis Carroll, C.S. Lewis e Peter Beagle. Já estava presente, porém, na obra renascentista de Voltaire, A Princesa da Babilônia.