(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

20 de maio de 2016

Admirando o Burnout

Uma série de jogos de corrida, onde o objetivo principal é acalmar teu lado psicopata... Quantas vezes você perdeu uma corrida por uma distância de uma unha de gnomo e ficou pensando “ah, se eu pego esse #$%!#$”?! Pois, aqui, você pode!
Acredito que foi esse o pensamento que inspirou a criação desse jogo chamado Burnout que está presente entre os jogos de playstation 2 e 3, PSP, Xbox, Xbox 360, GameCube e Nintendo DS.

Composto de corridas completamente insanas em velocidades absurdas, mapas compostos por belos cenários de diversas partes do mundo, carros turbinados, envenenados e dos mais variados modelos disputando corridas alucinantes e se esborrachando das maneiras mais criativas e inusitadas possíveis; seja contra uma parede de concreto ou sendo arremessado da beira de um precipício... É um acidente mais lindo que o outro(até dá vontade de tirar uma foto).


Para aqueles que não são fãs de jogos violentos, esse jogo pode parecer exagerado e, talvez, brutal... Mas continua sendo viciante. Dispute pelo primeiro lugar, destrua todos os seus adversários ou, simplesmente, cause a maior destruição possível e, de brinde, libere todo teu stress numa corrida doida... Ou não.
O jogo tem diferentes formas de ser jogado à medida em que você vai avançando, dificultando cada vez mais: o transito da cidade se intensifica, seus oponentes se tornam mais espertos e velozes, você começa à se tornar alvo de alguns deles, ou você pode, apenas, ter convidado alguém bom demais pra jogar contra você... Acontece, né, doido?!